Últimas Notícias

Afinal, para que serve o recrutamento e seleção?

O sucesso das organizações modernas está diretamente ligado à inteligência que elas detêm: os talentos. Portanto, detectar, atrair, engajar e desenvolver talentos são funções altamente estratégicas para uma organização.

 

O objetivo de se executar um processo estruturado de recrutamento e seleção é conseguir atrair e selecionar profissionais qualificados, que venham rapidamente contribuir para os resultados da organização.

 

Outro objetivo bem óbvio é contratar certo, ou seja, encontrar a pessoa certa para o cargo, pessoas que tenham características que vão facilitar seu desempenho na função. Contratar uma pessoa com características que não contribuem para atuação no cargo é ruim para empresa porque terá que desligá-la em breve, gerando retrabalho e abalo emocional na equipe. Muito pior para o contratado, que muitas vezes não sabe ao certo no que errou. E às vezes o erro não foi dele, foi da contratação equivocada. Ele poderia contribuir muito com a empresa, mas em outro cargo.

 

Sei que isso é complexo e que para quem não vivencia no dia a dia, é algo difícil de entender. Mas reflita comigo: cada pessoa tem características e um talento voltado a determinados tipos de atividades. Se você encontra uma vaga onde pode exercer seu talento, é sucesso na certa. Agora, se fica preso em uma função que não dá espaço para seu talento brilhar, isso gera sofrimento.

 

É função do recrutador identificar isso em você. Identificar suas características e talentos. Por isso alguns processos seletivos tem tantos testes e entrevistas. Pode parecer um “saco”, mas é essencial para que você possa atuar em uma vaga ideal para o seu perfil, para que se sinta feliz nela e consiga apresentar melhores resultados para a organização.

 

Do contrário, em pouco tempo, você não estará feliz com a vaga, não conseguirá se sobressair e com certeza a empresa não ficará feliz com seu desempenho. O que poderá resultar em um desligamento.

 

Então, quando você não passar em um processo de seleção, não se entristeça. Não fique criticando o processo de recrutamento e seleção. Agradeça. Procure se conhecer, ter clareza das suas principais habilidades, isso facilitará sua recolocação. Você terá clareza das suas competências e poderá buscar as vagas que realmente estejam compatíveis com suas habilidades e talentos.

Ivana Anselmo Souza Torres

Possui graduação em Psicologia pela UNISUL. Pós Graduação em Gestão de Pessoas pela FASC. Personal e Profissional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching. Atualmente trabalha na CliQue RH consultoria na área de gestão de pessoas para diversas empresas da região da AMUREL. Instrutora de treinamento nas áreas de desenvolvimento de lideranças, gestão de pessoas, ética e postura profissional, relacionamento interpessoal, dependência química, vida e carreira entre outros. Colunista do Jornal Diário do Sul na área de Psicologia e desenvolvimento.
Ivana Anselmo Souza Torres

Últimos posts por Ivana Anselmo Souza Torres (exibir todos)