Últimas Notícias

Pandeia e transtornos mentais: o que você pode fazer?

Com a colaboração de Samanta Villvock

 

O ano de 2020 está sendo desafiador, isso todos já sabem. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), bem antes da COVID-19 já passávamos por uma espécie de emergência mundial na área de transtornos mentais, destacando a depressão como uma das doenças mais impactantes no mundo. A COVID veio potencializar o que antes já era tido como uma pandemia silenciosa, a dos transtornos mentais.

 

Um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia Estadual do Rio de Janeiro com parceria da Universidade Yale (EUA) revelou que o estresse, a ansiedade e a depressão estão com altos índices e praticamente dobraram este ano.

 

É um tempo diferente para todos, por isso, não apenas gestores têm um papel fundamental, mas os colaboradores também precisam estar atentos.

 

Veja o que você pode fazer no dia a dia que poderá ajudar um colega:

- Exercite a empatia: Parece bobo, não é mesmo? Contudo, muitos profissionais estão com pessoas doentes em suas casas, podem até ter perdido alguém, talvez passam por uma situação financeira difícil. Se coloque no lugar do outro e seja mais tolerante.

- Coloque-se à disposição para ajudar: Muitas vezes não podemos ajudar na prática, mas podemos oferecer um ouvido amigo. Sabemos também que não podemos abraçar e às vezes nem escutar presencialmente, mas ainda assim ofereça-se para ajudar, para conversar. Use aplicativos. Mostre-se presente, mesmo que virtualmente.

- Para os empregadores: Não tem mais como se isentar do cuidado com os colaboradores. Isso influencia fortemente na reputação de qualquer organização. Capacitem seus gestores para que reservem um tempo de qualidade aos colaboradores. Mais conversas, mais compreensão e façam parcerias com profissionais da área de saúde mental para oferecer suporte psicológico. Lembrem-se: todos nós fomos afetados de alguma forma com a pandemia. Alguns mais, outros menos. Porém autocuidado não faz mal a ninguém. E ter um estímulo da empresa é algo valioso na hora de procurar ajuda profissional.

 

A produtividade é importantíssima não podemos negar, contudo, nestes momentos, empregadores e colaboradores devem ter um olhar cuidadoso e atento. Mudanças aconteceram e estão acontecendo no contexto empresarial e pequenos gestos fazem total diferença.

Ivana Anselmo Souza Torres

Possui graduação em Psicologia pela UNISUL. Pós Graduação em Gestão de Pessoas pela FASC. Personal e Profissional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching. Atualmente trabalha na CliQue RH consultoria na área de gestão de pessoas para diversas empresas da região da AMUREL. Instrutora de treinamento nas áreas de desenvolvimento de lideranças, gestão de pessoas, ética e postura profissional, relacionamento interpessoal, dependência química, vida e carreira entre outros. Colunista do Jornal Diário do Sul na área de Psicologia e desenvolvimento.
Ivana Anselmo Souza Torres

Últimos posts por Ivana Anselmo Souza Torres (exibir todos)