Últimas Notícias

Estudo aponta que mais de 90% estão infelizes em seu trabalho

Com a colaboração de Samanta Villvock

 

Em uma pesquisa realizada por Fredy Machado através do aplicativo Survey Monkey, foi revelado um número assustador de pessoas que são infelizes em seu trabalho. Este estudo fez parte da obra “É possível se reinventar e integrar a vida pessoal e profissional”, contou com mais de 300 profissionais de 21 estados brasileiros e de 14 países, e apontou que mais de 90% dos participantes se encontram infelizes com seus trabalhos.

Acompanhando pessoas no meu dia a dia na CliQue RH, percebo que é realmente grande a quantidade de pessoas nesta situação: que trabalham, dedicam-se ao máximo, mas ainda assim demonstram que não se sentem felizes diante da sua função. Os motivos são diversos, contudo, por trás dessa reclamação, percebo um grande medo de mudar. Geralmente quem reclama não age. Quando assumimos a postura de reclamar não estamos trabalhando para uma mudança, só queremos aliados para nossa dor. O que não gera resultados.

Mudar de emprego, mudar de carreira e muitas vezes mudar a mim mesmo abala nossa rotina, a nossa comodidade. Realmente não é uma tarefa nada fácil.

No entanto, essa é uma realidade preocupante, que gera inúmeras consequências no meio corporativo. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a infelicidade no trabalho será a principal causa de afastamento de profissionais nos próximos anos. Isso porque a longo prazo afetará significativamente o estado psicológico, podendo gerar depressão ou outros transtornos. Ou seja, sua carreira e seu dia a dia de trabalho afetam sua saúde.

Se você se encontra nesta situação, é hora de mudar. A mudança incialmente é assustadora, mas futuramente será importantíssima para sua realização.

Não estamos mencionando aqui só mudar de emprego, na maioria das vezes o problema não está efetivamente no trabalho e sim na sua atitude diante dele. Busque o autoconhecimento. Faça testes e realmente conheça seu perfil. Você pode estar trabalhando em algo que vai contra sua personalidade. Com autoconhecimento você terá entendimento de quais áreas são mais interessantes e prazerosas para você atuar.

Sabemos que investir em autoconhecimento é difícil, mas permanecer infeliz no trabalho também é. Sendo assim, escolha investir em você.

Ivana Anselmo Souza Torres

Possui graduação em Psicologia pela UNISUL. Pós Graduação em Gestão de Pessoas pela FASC. Personal e Profissional Coaching pela Sociedade Brasileira de Coaching. Atualmente trabalha na CliQue RH consultoria na área de gestão de pessoas para diversas empresas da região da AMUREL. Instrutora de treinamento nas áreas de desenvolvimento de lideranças, gestão de pessoas, ética e postura profissional, relacionamento interpessoal, dependência química, vida e carreira entre outros. Colunista do Jornal Diário do Sul na área de Psicologia e desenvolvimento.
Ivana Anselmo Souza Torres

Últimos posts por Ivana Anselmo Souza Torres (exibir todos)